quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Santos de roca ou imagens de vestir

Aqui estão alguns dos meus investimentos sentimentais mais pesados, dois santos de roca, que também se designam por imagens de vestir. O primeiro é uma santa não identificada, o segundo é um santo franciscano, pois tem uma tonsura e uma barba. Não me parece que seja o Santo António de Lisboa, que é normalmente representado imberbe. Apresenta um orifício nas mãos, talvez feito para suportar um Menino Jesus ou um livro, uma cruz ou outro atributo qualquer, pelo qual os fieis o identificariam.

A origem destas imagens não assenta na roca de fiar como o nome parece indicar. Embora, de facto, a forma inferior da primeira santa sugere de imediato uma roca de fiar.


O seu nome tem origem nas representações barrocas religiosas surgidas em Espanha, após o Concilio de Trento, em que se representava o nascimento de Cristo numa caverna rochosa ou a Paixão de Cristo no alto dum monte, isto é, uma rocha. Como toda a gente sabe, “Rocha” em espanhol é “roca”e daí a origem deste nome.

Em Espanha, em Portugal e depois no Brasil, essas representações evoluíram para procissões complicadas e opulentas, em cenários rochosos, em que se usavam imagens de madeira, ocas, muito leves, que poderiam ser facilmente transportáveis nos andores. Essas imagens poderiam ainda ser vestidas de maneira diferente consoante tratar-se de um cerimonial de Páscoa ou de Natal.


Apareceram assim as Santas de roca ou imagens de vestir, que passaram a envergar trajes luxuosos, jóias, coroas e resplendores. Alguns dos trajes eram confeccionados por grandes damas fidalgas, outros eram deixados em testamento às Santas. Na minha família existiam uns brincos muito valiosos e antigos que só eram usados pela santa Padroeira local, a Senhora da Azinheira, no dia da sua procissão (foto do lado esquerdo, cedida por Altino Rio). O resto do ano os brincos eram guardados numa vitrina na casa familiar.

Estas imagens eram muitas vezes articuladas, nos braços, nas mãos ou troco, precisamente para permitir que se adaptassem a esta função teatral dos actos religiosos.

Quem quiser saber um pouco mais sobre a história das imagens de vestir ou santas de roca, sugiro a consulta da página http://www.revistaohun.ufba.br/Microsoft_Word_-_Maria_Helena_Flexor_IMAGENS_DE_ROCA_E_DE_VESTIR_NA_BAHIA.pdf

As minhas imagens estão despidas. Faltam-lhes as sedas bordadas a prata, confeccionadas por Senhoras devotas e bem nascidas. Mas o facto de estarem nuas dá-lhes a áurea que os actores têm nos camarins antes de se vestirem. Ainda parecem pessoas comuns, mas estão prestes a transformarem-se. 

Mais sobre santas de  roca

48 comentários:

  1. Não sei não, ainda um destes dias elas vão aparecer todas vestiditas! Olá se vão!
    Basta que encontres um desses belíssimos vestidos de seda bordada a prata e ouro e ... eis que a santa de roca ganhará vergonha!
    Basta que o vestido apareça num daqueles dias ... e, já está!
    Manel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o Amigo é testemunha de jeová Não é ???

      Eliminar
  2. Tenho um Santo de vestir, um Beato, tal qual frade Franciscano, de 30cm altura, século XIX, que desejo vender.
    Está interessado?
    Cynthia Esquivel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quanto custaria essa santo de Roca?

      Eliminar
    2. Boa tarde, Cynthia! Gostaria de saber se ainda tem o Beato para venda, meu telefone e whatsapp é (37) 99102-0111 (TIM, eu chamo Marco Aurélio

      Eliminar
  3. Cara Cynthia

    Adoro Santas e Santos de Roca, mas a minha amiga está no Brasil e eu aqui em Portugal, com um oceano a separar-nos e será complicado você vender-me a santa, até por causa das despesas postais.

    Mesmo assim, obrigado e um abraço

    ResponderEliminar
  4. Olá, também sou um apaixonado por santos de roca e de fato tenho poucos, mas uma é minha paixão: trata-se de uma NS com o Menino (NS da Glória) de 1,10 m de altura, já restaurada.
    posso enviar-lhe fotos para apreciar se quiser.
    Abraço grande, Victor (Rio de Janeiro, Brazil).

    ResponderEliminar
  5. Caro Victor

    Sabe que é muito curioso, mas meu post sobre Santos de Roca ou imagens de vestir é sempre muito consultado por brasileiros. Julgo que estas imagens foram muito comum no Brasil e actualmente devem ser muito apreciadas pelos conhecedores de arte sacra do vosso País. Terei muito gosto em ver a imagem da sua Santa de Roca se fizer o favor de me a enviar para montalvao.luis@gmail.com

    Abraço

    ResponderEliminar
  6. De fato, Luis, essas imagens foram muito usadas no Brasil colonail (e ainda hoje são em cidades doi interior e mesmo aqui no Rio de Janeiro por algums paróquias) mas perderam o seu real valor por terem sido consideradas feias e bizarras quando da introdução do Neoclássico que vigorou por aqui no final do século 19. Elas foram inicialmente trazidas pelos Portugueses (Jesuítas) e se adequaram a nossa cultura. Entretanto, poucos conhecem sua história ou valor e não encontramos referências delas em livros com facilidade, o que é um apena. Sou um apaixonado por santos de roca, não vivo sem eles. Abraço grande do Victor (Rio de Janeiro, Brasil).

    ResponderEliminar
  7. Fica o meu e-mail para contato: victoramgomes@superig.com.br.
    Enviei uma msg acerca da minha santa para o seu endereço eletrônico.

    ResponderEliminar
  8. www.museodeartesacro.com


    ASUNCION-PARAGUAY

    ResponderEliminar
  9. Muito obrigado.

    fico muito feliz poor saber que o meu blog é lido no Paraguai

    Abraços

    ResponderEliminar
  10. OLA, MEU NOME E HEBERTTON E SOU APAIXONADO PELOS SANTOS DE VESTIR, ESTOU ATRAS DE UMA IMGENS DE NOSSA SENHORA PARA COBRAR, SE ALGUEM TIVER ALGUMA AI PARA VENDER POR FAVOR ME PASSE UM E-MAIL COM A FOTO DA SANTA, MEU E-MAIL E HEBERTTONJUNQUEIRA@HOTMAIL.COM
    DESDE JA GRATO PELO INTERRESSE

    ResponderEliminar
  11. Caro Hebertton

    Estou em Lisboa, Portugal e as nossas hipóteses de fazer negócios são nulas

    Abraços

    ResponderEliminar
  12. OLA MEU NOBRE LUIS, POXA QUE PENA, MAS APROVEITANDO DA SUA BOA PACIENCIA...
    POR VENTURA VC SABERIA ME INFORMAR SE AQUI NO BRASIL TEM ARTESAO QUE AINDA FAÇA ESTAS IMAGENS DE VESTIR OU EM ALGUM LUGAR QUE POSSA ENCONTRAR?
    UM ABRAÇO E GRATO PELA ATENÇÃO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo, em portugal nomeadamente em braga exite uma loja de artigos religiosos as oficinas desta loja situa-se em Fânzeres os artesãos fazem imagens de Roca de boa qualidade e com madeiras muito nobres visite a página na net veja o catálogo Arte sacra de Fânzeres fazem todas as medidas ao gosto do cliente na página tem preçário de cada peça e um variadissimo estilo de imagens todas em madeira visite a página ficará surpreendido. Abraço

      Eliminar
    2. Amigos , estou vendendo um N. Senhor dos Passos séc. XVIII com 50cm altura, peruca de fios naturais e resplendor em prata, caso haja interesse envie e-mail: posidron@hotmail.com. Abraços

      Eliminar
    3. envie email para ruipedrogomesdacosta67@gmail.com

      Eliminar
  13. Meu caro

    Estou do outro lado do Atlântico e não tenho conhecimentos no meio no Brasil na área das antiguidades ou velharias ou de quem faça ´por aí réplicas de santos.

    Aqui em Portugal comprei há uns anos a réplica de uma Santa de Roca, até barata, mas vendi-a quando comprei uma antiga, pois passei a acha-la feiota ao lado da original do séc. XVIII.

    Abraços

    ResponderEliminar
  14. Boa tarde,
    Eu adoro santos de roca, mas infelizmente ainda não tenho nenhum. As falsas que tenho visto são feias ao lado das originais!
    Sabe onde posso comprar um original e quais são os preços no geral?
    Muito obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. visite na net a página Arte Sacra de Fânzeres ou facebook esiste um catálogo de imagem em madeira tambem encontrará imagens de Roca de muito boa qualidade
      esculpidas em madeira muito nobre

      Eliminar
    2. Amigos , estou vendendo um N. Senhor dos Passos séc. XVIII com 50cm altura, peruca de fios naturais e resplendor em prata, caso haja interesse envie e-mail: posidron@hotmail.com. Abraços

      Eliminar
  15. Cara Anónima

    A arte sacra é cara, sobretudo as imagens, muito embora com a crise os preços tenham baixado. O santo masculino foi mais barato, porque esta cheio dde caruncho. Mas, se quiser escreva-me, que eu digo-lhe o preço por e-mail. O meu endereço está no perfil.

    Abraços

    Luís

    ResponderEliminar
  16. A imagem da santa em cima tem por nome nossa senhora da soledade , palavra derivada do latim que significa solidão, tristeza e saudade!!!

    Ricardo Luís.

    ResponderEliminar
  17. Caro Ricardo Luís

    Muito obrigado pelo seu comentário.

    Tenho sérias duvidas que esta imagem seja uma Nossa Senhora da Soledade. As santas de Roca poderiam alterar a sua "personalidade", consoante o traje ou os atributos que lhes colocassem nas mãos, como um rosário, um ramo de oliveira ou um globo de ouro, ou então na cabeça, como um resplendor neste caso, ou uma coroa.

    Um abraço e espero contar mais vezes com a sua participação neste blog

    ResponderEliminar
  18. Olá LuisY. Sou um brasileiro passando uns tempos no Porto e passarei uns dias em Lisboa antes de retornar. Conheci santos de roca em Portugal e fiquei apaixonado também. Não tenho nenhum mas, gotaria de ter. Se tiveres e puderes me enviar alguma sugestão de feira e/ou endereço portugues para contactos, eu agradeço. Obrigado. Alexandre Santos (alexandre_santos_rio@yahoo.com.br)

    ResponderEliminar
  19. Amigo, muito legal este seu blog...
    Possuo algumas imagens de roca entre elas, uma espanhola de aproximadamente 60 cm e uma outra, esta toda completa e rara portuguesa com 49 cm, Uma N.Sra. da Boa Morte em seu esquife e suas idumentárias, o curioso que ela pertence ao século XVIII e possui 2 possibilidades de apresentação: a primeira como em " dormição" e a segunda em pé como N.Sra. da Assunção que se compõe com outro manto e coroa. Abraços

    ResponderEliminar
  20. Caro Anónimo ou Anónima

    Desculpe só agora lhe responder. Essa sua imagem que permite uma transformação de Senhora da Boa Morte em Senhora da Assunção deve ser uma peça espectacular!!! Se quiser enviar uma imagem por e-mail, terei muito gosto nisso.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  21. gosto muito de imagens de roca na casa dos meus avós maternos havia um oratório com uma imagem de roca nossa senhora da conceição,a imagem era articulada, tinha uma peruca tinha três vestidos e três mantos, um roxo um azul escuro e um pérola em veludo e seda natural bordados a fio dourado: era vestida consoante a época, Natal, semana santa ou páscoa duarnte as partilhas não me calhou a mim fiquei com um a imagem de cristo meados seculo XVIII em pau santo com resplendor de prata. gosto muito de imagens de Roca, mas são muito caras.

    ResponderEliminar
  22. Cara ou Caro Anónimo

    Deve ser imensa piada ter uma destas santas com as roupas originais e nós sabemos que algumas delas tinham verdadeiros enxovais, com vestimentas ricas para todas as épocas do ano, onde nem faltavam colares, coroas e brincos com pedras preciosas.

    Um abraço e obrigado pelo seu comentário

    ResponderEliminar
  23. Amigo, por incrivel que pareça consegui encontrar uma imagem de Roca é uma santa a peça apresenta algum cuidado por tar um pouco com carunho num dos braços, na mão falta-lhe dedos, o rosto está em boas condições mas vem colada no pescoço a base tá picada derivado á contaminação tenho cuidado da peça injectando um produto quimico para a descontaminar trazia vestido um corpete em linho as vestes por baixo tambem são de linho de boa qualidade mas muito sujos um pouco gastos mas aguentaram a lavagem e ficaram brancos Trazia tambem um vestido de tafetá roxo sem motivo ou vestigios de bordado de boa qualidade um pouco arrepelado mas tambem este aguentou a lavagem agora tem melhor aspecto. encontrei esta imagem numa feira de velharias por um bom preço regatiei muito e consegui trazer para casa .
    Paulo

    ResponderEliminar
  24. quando a imagem tiver recuperada mando foto

    obrigado por a sua atenção

    paulo

    ResponderEliminar
  25. Que sorte Paulo!!!!

    Tenho imensa curiosidade em ver a sua imagem de roca!!!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  26. Testemunha de jeová?

    Eu nem crente sou...As coisas que por aqui se escrevem...

    ResponderEliminar
  27. Quero muito adiquirir uma N.S. das Dores, e não sei onde, tem fabrica ?se alguem souber por favor meu enderêço: para tinatonelle@hotmail.com desde já agradeço.

    ResponderEliminar
  28. Boas ! Eu também aprecio como todos voces imagem religiosas de roca, por acaso tenho algumas umas que eram de meus antepassados e outros tenho comprado em leilões de arte.Das imagens que roca que tenho que mais gosto e venero é o Menino Jesus penço que seja de praga uma imagem original de roca com roupa interior e um vestido de seda bordado em ouro e pedras vulgares que pertenceu a casa de meus trisa-avos Figueiras. aproveitando os varios comentarios irei dar uma olhadela a arte sacra de Fanzeres . abraço

    ResponderEliminar
  29. Boa noite tenho uma imagem do senhor dos passos,
    imagem popular envio foto por email.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola você,esta vendendo a imagem dos passos?..se estiver estou interessado,por favor comunique-se comigo pelo email catolicosempre@outlook.com

      Eliminar
    2. caro amigo comprei a imagem do senhor dos passos num leilão imagem popular articulada. não é para vender .

      Eliminar
  30. Ola,eu amo as imagens de Vestir/roca,quem tiver para vende-las,por favor entrem em contato comigo pelo email
    catolicosempre@outlook.com
    Grato

    ResponderEliminar
  31. ola !achei muito interesante o seu blog, eu tambem gosto de imagens roca e nao só, por acaso ja ofereçi uma imagen roca a representar a senhora das dores a qual eu ofereçi para estar numa pequena capela ,e eu proprio tenho lhe dado a manutençao mandando-lhe fazer as veste ,eu sei que nao fica muito barato mas é por uma boa causa . a causa essa que sou um bom apreçiador dessas imagens e mais me façina quando elas vao numa prossiçao e as vestes dançan ao sabor do vento , abraço
    luis

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Luís

      Muito obrigado pelo seu comentário tão simpático

      Um abraço

      Eliminar
  32. Gostaríamos de ter em nossa comunidade uma imagem de N. Sra. das Dores no modelo de roca para acompanhar o Nosso Senhor morto nas procissões da sexta-feira santa porerm nossa comunidade é pobre (pescadores) e não temos como pagar para esculpir uma. Nosso contato: Antonio Maia - fone: 83 8672 4262 - Email: nsdobrasil@yahoo.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo ou Anónima

      Obrigado pelo seu comentário. Mas na realidade não vendo nem comercializo antiguidades. Não sei bem se reparou, mas estou em Portugal e por muito que quisesse nunca poderia enviar imagens para o Brasil.

      Um abraço

      Eliminar
  33. Olá Luisy! Bom dia! Sou professora de Conservação e Conservação em Arte Sacra, estou montando uma aula sobre imagens de vestir, preciso de algumas imagens diferentes dessas imagens com rosto / mãos e/ou pés em cerâmica, você poderia me auxiliar com alguma? Acompanho seu blog e sua paixão por essas imagens. Estive em Portugal algumas vezes, pesquisando e estudando, recolhi algumas imagens em Évora e Lisboa, espero poder contar com sua ajuda. Peço que se possível me envie as imagens no e-mail professoratitinacorso@gmail.com . Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara Titina

      Publiquei mais algumas imagens de tica ou de vestir em http://velhariasdoluis.blogspot.pt/2014/04/imagens-de-roca-articuladas-ou-de-vestir.html

      Abraço

      Eliminar
  34. Meu caro Luís, como já disse em outras postagens, sou fã incondicional de seu blog, assim como sou apreciador de santos de roca ou de vestir. Gostava de fazer dois comentários. Primeiramente, que opino que seu santo de vestir seja São Francisco de Assis penitente, pela expressão a um tempo contemplativa e sofrida ("o Amor não é amado!") e que, no orifício da mão direita, fixava-se a caveira, assim como a mão esquerda está em atitude de suster o crucifixo. Julguei divisar-lhe os estigmas sobre o peito dos pés, não? O segundo ponto é sobre o conceito de "roca". Vejo que você refere algo que circula em publicações acadêmicas e que parece que foi elaborado por uma pesquisadora de certo peso cá do Brasil, associando "roca" a "rocha". Eu, entretanto, ouso desmentir tal elaboração, simplesmente pelo fato de que os santos propriamente ditos de roca, que são os que exibem essa armação de ripas de madeira, são chamados, em Espanha, "santos de candelero", por se assemelharem a um castiçal ou candeeiro primitivo, de formato cônico, no qual se afixa uma "candela" ou vela, mas, menos frequentemente (e esse é o ponto), "santos de devanadera", isto é de dobadoura - o bojo de ripas de cana afixados à ponta de uma vara, constituindo a primitiva roca, outrora de uso corrente nas áreas rurais, em torno do qual se enreda o fio, fiado ao fuso. Normalmente se chama, hoje, "roca", à roda-de-fiar, mas, esta era uma máquina complexa e cara para a maioria dos lavradores e aldeães de então. Eu adquiri uma bela imagem de vestir feita por um artesão de Cusco, no Peru, em moldes eruditos, e será vestida como a Senhora do Carmo, por uma tia minha, muito habilidosa em costura e bordados. Grande abraço cá do extremo Sul!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Jonas

      Fico sempre muito contente quanto encontro aqui os seus comentários, pois já sei que encontrarei neles opiniões pessoais e fundamentadas.

      Provavelmente terá razão e o santo com a tonsura representará S. Francisco de Assis. Numa das mãos existe de facto um orifício, provavelmente para colocar a caveira, como o Jonas refere e na outra poderia segurar um crucifixo. Os pés não têm buraquinhos.

      Na altura em que escrevi o post, não investiguei o suficiente e prudentemente limitei-me a apresenta-lo como um santo franciscano. Esta imagem merecia um post novo, com boas fotografias, até porque entretanto mandei restaura-la. Nem foi bem um restauro, foi mais um trabalho de conservação, tratamento contra o bicho, limpeza, consolidação da pintura, bem como o concerto das articulações dos braços. Os buracos feitos pelo caruncho foram mantidos pois não acho graça nenhuma a peças demasiado restauradinhas. Devemos manter as marcas do tempo, esse grande escultor, como escrevia a Yourcenar.

      Sobre os santos de roca, usei como fonte um texto de uma investigadora brasileira, Maria Helena Ochi Flexor, intitulado Imagens de roca e de vestir na Bahia, mas reconheço que o ponto de vista do Jonas faz sentido. Talvez no início se tenham adaptado as imagens apenas com a cabeça e o tronco a rocas de fiar, que serviam para as transportar em procissões ou teatros sagrados. Parece-me uma explicação muito plausível.

      Sei bem que estas imagens foram concebidas para serem vestidas e os trajes eram oferecidos por crentes como forma de devoção. Mas, como o André Malraux dizia num museu as imagens são dessacralizadas. Valem como objectos de arte. A minha casa não é um museu, não como sou ateu prefiro estas imagens despidas, como se fossem actrizes ou actores antes de entrar em palco. No entanto, há uns tempo vi uma destas santas à venda com trajes antigos, provavelmente do século XVIII e era uma coisa fabulosa. Também pediam pela imagem cerca de uns dois mil euros.

      Um grande abraço para si e obrigado pelo seu comentário, que enriqueceu este post com uma opinião diferente

      Eliminar