segunda-feira, 30 de setembro de 2013

4 anos de velharias do Luís!


O blog velharias do Luís cumpre hoje quatro anos de actividade. Comecei no dia 30 de Setembro de 2009 e desde esse dia para cá fotografei e escrevi sobre as peças e sobre todos os cantos do meu apartamento de assoalhada e meia, num total de 385 posts. Isto tem sido quase as Mil e uma noites das velharias. 

Escrever sobre as velharias da minha casa poderá parecer uma coisa clautrofóbica, sem interesse para mais ninguém, senão para o próprio. Talvez assim o seja, mas pesquisar e identificar cada uma das peças que atafulham o espaço onde vivo, foi uma espécie de viagem que empreendi da minha casa para o mundo. Os conhecimentos que fui sistematizando sobre faiança, porcelana, gravura, escultura, partilhei-os com a comunidade global através da Internet e sei que lancei no espaço virtual conteúdos fiáveis sobre essas áreas, que permitem às pessoas, que pesquisam no google, identificarem os pequenos tesouros que herdaram ou compraram.
 
 

Ao longo destes quatros anos fui escrevendo não só acerca de faiança, azulejaria, porcelana e gravura, mas também sobre memórias familiares. Aliás, muitas das peças aqui tratadas, estão fortemente associadas com recordações antigas de acontecimentos de há quarenta, cem ou cento e cinquenta anos, as mais recentes minhas e as mais antigas cuidadosamente compiladas pelo meu pai, a partir da sua própria memória, ou do que ouviu contar.


Aliás, o aqui faço é a continuação do trabalho paterno de reconstituição de um passado familiar que tem por cenário as terras transmontanas de Chaves, Outeiro Seco e Vinhais. O Blog é assim quase como um caderno onde vou anotando memórias, conversas com o meu pai, colando fotografias antigas e registando informações sobre o passado, que tão depressa deixamos esquecer. 

Como partilho este caderno com gente de todo o País e do outro lado do Atlântico, surgiram à sua volta leitores, que colaboram com ideias, que se tornaram amigos e que me deram confiança e oportunidade para publicar, aparecer até na televisão e mais do que isso, fizeram-me encontrar a coragem para dar uma volta radical na minha vida e mudar para um emprego estimulante, numa das instituições culturais com mais prestígio em Portugal.

Embora, sumariamente vestido, o autor do blog agradece com todas as mesuras aos seus amigos reais e virtuais, que por aqui passam regularmente.
Agradeço-vos a todos por isso, oferecendo-vos em troca uma amizade virtual, esse novo e estranho sentimento, criado pela Internet, que aproxima homens e mulheres, que vivem longe uns dos outros, muitas vezes sem se conhecerem, mas que partilham interesses comuns e desenvolvem uma tertúlia virtual, que evoca vagamente aquelas relações epistolares dos séculos XVII, XVIII e XIX

57 comentários:

  1. PARABÉNS pelo aniversário deste blog, que tanta informação e bons momentos de leitura me proporcionou, e tantas belas peças mostrou, a encher meus olhos com encantamentos que sequer desconfiava existir.
    Abraços, e nos encontramos mais uma vez em minha querida Lisboa em breve (está já virando uma tradição!)
    Fábio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Fábio

      Muito obrigado

      Cá ficamos a aguardar o teu regresso a Portugal.

      Um abraço

      Eliminar
  2. Os meus parabéns e continuação deste teu fantástico blog.

    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Zé Júlio

      Muito obrigado e um abraço lisboeta forte!!!

      Eliminar
  3. Olá Luís,

    Parabéns por estes 4 anos de publicações.

    Ao longo deste tempo pudemos todos aqui colher conhecimentos minuciosamente compilados e exemplarmente explicados, por isso espero que continues com esta labuta aprazível para todos nós e com certeza para ti também.

    Por outro lado, pessoalmente, agradeço-te toda a dedicação que tens tido com os assuntos da minha (nossa) Aldeia, quer pelas informações que tens vindo a divulgar, quer pela amizade que pelos mais diversos motivos temos vindo a desenvolver.

    Um forte abraço,
    Berto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Humberto

      Muito do interesse deste blog deve-se às tuas investigações sobre o Solar, que aqui foram publicadas e a família Montalvão está em dívida contigo

      Um abraço

      Eliminar
  4. Parabéns e que continue por muitos anos!
    Embora não deixe comentários, venho sempre ver as suas velharias e antiguidades, porque gosto muito.
    Boa semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara Isabel

      Muito obrigado e um abraço para si

      Eliminar
  5. Parabéns e que "batas" numericamente a Xerazade, é o que desejo também em proveito próprio. Raramente comento, mas sou visita assídua. Bjs,
    Luísa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luisa

      É bem verdade. Este blog é como as mil e uma noites. Já escrevi sobre todas as peças lá de casa, mas acabo sempre por comprar mais uma faiança ou descobrir qualquer informação nova sobre uma estampa que por
      lá anda e sai mais uma história e ainda mais outra. E depois há sempre as peças dos amigos e as histórias de famílias e talvez com essas fontes todas tenha fôlego para chegar às mil e uma histórias.

      Bjos

      Eliminar
  6. Meu caro Luís, Parabéns pelo aniversário do blog. Que continue com o bom e muitíssimo interessante trabalho.
    Um abraço. Jorge

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Jorge

      Agradeço muito. Um grande abraço

      Eliminar
  7. Caro Luís,

    Neste dia especial, tenho de lhe dizer que, embora faça parte desta tertúlia há ainda pouco tempo, já a considero como uma família alargada.
    Caí aqui de pára - quedas, numa bela tarde em que andava na Internet em busca de peças da Vista Alegre.
    Eis senão quando, no meio das inúmeras imagens, o meu olhar se deteve numa em particular. Tratava-se das suas peças que vieram dos conjuntos da sua avó Mimi. Comecei a ler e a sua escrita agarrou-me, de tal ordem que naquele dia acabei por ler todos os seus posts acerca do Solar dos Montalvão. E diga-se de passagem que foi uma tarde em cheio, aliás como todos os bocados que passo vendo e lendo as suas descrições, e histórias de objectos antigos.
    Que mais posso eu dizer?
    Espero que continue por muitos e largos anos a partilhar ideias e conhecimentos com os seus leitores e seguidores!

    Abraço

    Alexandra Roldão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara Alexandra

      Muito obrigado pelas palavras simpáticas. A Alexandra é uma excelente colaboradora deste blog com os seus comentários e o seu gosto muito vitoriano.

      Um abraço

      Eliminar
  8. Olá,Luís
    Muitos parabéns e que continue sempre com este maravilhos blog
    Muito tenho aprendido aqui sobre as velharias, que não ligava muito e que hoje tenho muito mais respeito
    Devido a avaria no computador cá de casa ,não tenho vindo comentar,mas agora estou de volta
    E que charmoso está o Luis nas fotos
    Só falta o nosso amigo Manel
    Agora vou dar umas voltinhas pelos blogs
    que sinto saudades
    Um beijinho para o Luís
    E um grande abraço para o Manel
    Como poderia esquecer : )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara Grace

      Ainda bem que o seu PC já está arranjado, pois sentiamos já a sua falta.

      Bjos

      Eliminar
  9. Parabéns ,pelo aniversário do seu blog.O Luís nem sabe o bem que me tem feito acompanhar esta sua caminhada virtual,bem como a todos os seus amigos deste grupo.Que continue ,por muitos anos,para bem de todos nós.Cumprimentos,Graciete

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Graciete

      Escrever o blog faz parte de uma terapia contra a depressão e o aborrecimento e é sempre um processo de aprendizagem continuo de novas ideias e conhecimentos. Por outro lado, fico sempre muito contente por saber que esse trabalho é útil para quem o lê.

      Um abraço

      Eliminar
  10. parabéns luís!!! adoro o seu blog e sempre estou aqui vendo essas coisas lindas que você coloca e aprendendo também! quanta coisa que eu não conhecia e vim a conhecer através desse seu blog. adoro o velharias. espero que fique muitos anos por aqui.abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, Jorge Santori.

      Um grande abraço

      Eliminar
  11. Parabéns Luís pelos 4 anos do Blog. Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Ricardo

      Muito lhe agradeço. Um grande abraço

      Eliminar
  12. Parabéns.
    Todos aqueles que lêem os seus textos gostam, principalmente pela variedade de temas que aborda. Obrigada.
    if

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara IF

      Herdei do meu pai um tipo de cultura, que se costuma designar por enciclopédica, isto é, tenho facilidade em interessar-me por muitos assuntos. Pelo facto de ter trabalhado tantos anos em bibliotecas, desenvolvi ainda mais esse gosto por saber de tudo um pouco, ainda que quase sempre superficialmente.

      O blog reflecte esse enciclopedismo. Não consigo concentrar-me só na faiança ou porcelana, quando as ruas estão cheias de azulejaria fantástica e o chão das feiras de velharias pejado de cacos diversos, cada um com a sua história para contar. No geral, tudo o que seja antigo desperta-me interesse.

      Um abraço e obrigado

      Eliminar
  13. Muitos parabéns!!! O seu blogue é uma maravilha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado cara Margarida!!!!!!

      Um elogio desses vindo da parte de uma historiadora de arte tem um valor especial.

      Eliminar
  14. Mais um ano de parabéns pelas coisas que tens aqui trazido.
    Creio que todos temos aprendido aqui, resultado de uma partilha entre comentadores e não só.
    Só assim as coisas têm interesse.
    Tens partilhado informação o mais rigorosa possível, o que nos leva a todos, e a mim em particular, a confiar no que aqui vais colocando. É esse uma das mais valias do teu blog.
    Pois, o grande medo que por vezes tenho é a desconfiança sobre a informação que é colocado na net, aberta a todos e que, se não for fidedigna, leva em erro uma grande porção de pessoas menos esclarecidas.
    A palavra escrita por vez é muito apelativa e leva-nos a acreditar quase de uma forma instintiva, o que é de todo duvidoso.
    Duvidar sobre o que na net se vai colocando é fundamental, é necessário acreditar nas fontes e em quem no-las fornece ou menciona, doutra forma acabamos menos esclarecidos e com uma dose de conhecimentos erróneos, o que, felizmente, não sucede neste teu espaço.
    Mas, claro, este tipo de textos que aqui nos vais servindo implica uma grande dose de pesquisa e trabalho prévio, o que nem sempre as pessoas estão prontas a desenvolver.
    Acaba por ser mais fácil escrever sobre o diz que diz, ou sobre aquilo que se ouve alguém contar sem que se tenha a preocupação de verificar a autenticidade desse conhecimento.
    Não acontece contigo, que verificas e pesquisas sobre essas "informações de orelha", e quando as publicas é porque tens a certeza que estão fundamentadas em conhecimentos mais fiáveis (nada é imutável nem fiável a 100%, mas há hipótese de haver mais certezas, ou não, sobre a informação a que se tem acesso).
    E, a par deste rigor, que por vezes pode ser frio e impessoal, desenvolves também uma certa sensibilidade que atrai quem te lê.
    Por tudo isto os parabéns por mais este ano e que se vão repetindo.
    Assunto não te falta!
    Agradeço também as palavras amáveis da Grace e envio-lhe os melhores cumprimentos
    Manel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Manel

      Em parte este blog também é teu. Como já referi, este o blog é um caderno de apontamentos onde registo os conhecimentos que vou colhendo aqui e acolá e nesse bloco de notas estão contidas muitas das nossas conversas sobre arte, museus, faiança, pintura, história ou literatura.

      Com efeito, procuro informar-me com algum rigor sobre os temas que trato. Claro, uso muito a net, sobretudo a wikipédia, de preferência a versão francesa, mas procuro confrontar sempre que possível essas informações com alguma bibliografia. Também procuro consultar sites fiáveis, como os das grandes bibliotecas nacionais, a Joconde, o matriz net, o Victoria And Albert Museum ou incontornável Rubylane.

      Por outro lado, em todos os meus post deixo sempre o espaço para a dúvida, e por vezes volto mesmo ao mesmo assunto e à mesma peça, quando tenho informações novas e mais correctas, como foi o caso das estampas com vistas de óptica.

      Um abraço e muito obrigado pelos teus comentários que fazem parte integrante deste blog

      Eliminar
  15. Amigo Luís, muitos parabéns!
    Quis deixar desanuviar um pouco a fila de cumprimentos e felicitações, mas isto vai ser um corropio todo o dia, ainda por cima recebendo os seus visitantes de uma forma tão pessoal, com as fotos de uma simpática figura!
    Não querendo repetir o que já lhe disse em anos anteriores, reitero que este seu blogue tem sido uma constante fonte de inspiração para mim. E muito me agrada que o seu ponto de referência, para já, sejam as 1001 noites. Assim podemos esperar por mais seis anos, pelo menos, de saborosos e cuidados postes... e depois se verá...
    Um grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria Andrade.

      Normalmente não me mostro muito a minha cara no blog. Sei que as pessoas chegam aqui à procura de informações sobre antiguidades e velharias e não para ver o meu rosto. Mas, as regras foram feitas para serem violadas de vez em quando e nos dias de aniversário do blog gosto de mostrar a minha cara, como que dizendo, "estou aqui e gosto de vós".

      Terei que recorrer mais vezes ao Manel e aos seus tarecos para chegar aos 1001 posts e confiar no espaço de memória que a tecnologia google me dá para o blog, que como sabe é limitada.

      Os seus comentários são sempre muito bons, pois com o seu rigor chama-me sempre a atenção para pormenores, que deixei escapar e acaba por ser muito útil para uma certa impressão de qualidade no produto final.

      Beijos

      Eliminar
  16. Em dia de aniversário, não quero deixar aqui uma gralha! ;)
    Queria dizer "corrupio".

    ResponderEliminar
  17. Prezado Luís Montalvão:

    Grande abraço de felicitações pela perseverança e pela partilha de tantas, tão variadas e tão interessantes reflexões!

    Saudações!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro MAFLS

      Muito obrigado. As felicitações do blog de referência sobre a fábrica de Sacavém são muito importantes para mim.

      Um abraço

      Eliminar
  18. Luís,
    Deixo-lhe os meus parabéns. Visito-o há pouco tempo. Encontrei-o através da Margarida.
    O seu bom gosto, as velharias, as histórias que associa ao que vai coleccionando são maravilhas.
    Amante de velharias e de preservação de memórias do passado este blogue só alimenta mais a paixão.
    Aprendi com os seus apontamentos.
    O facto de a blogosfera ter trazido um mundo melhor para si satisfaz-me pois há relatos menos bonitos dessa utilização.
    Parabéns e muitos anos de vida.
    Abraço! :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara Ana

      Muito obrigado. De facto, a experiência do blog tem sido muito positiva para mim em termos pessoais e profissionais. Aliás, julgo que no geral os blogues são instrumentos interessantes para o cidadão comum expôr as suas ideias, desenvolve-las e encontrar pessoas que partilhem as mesmas aspirações e gostos. Os blogues podem ser espaços de tertúlia num mundo onde não temos tempo para frequentar cafés e encontrar os amigos.

      Mas, tal como muita gente também passei por experiências menos positivas com a internet. Perdi muito tempo da minha vida com chats, messenger e redes sociais e cheguei mesmo a prejudicar-me seriamente com isso.

      Enfim, há que encontrar um equilíbrio e procurar usar o melhor que a internet nos pode dar.

      Um grande abraço

      Eliminar
  19. Os meus Parabéns, e agradecimentos pelo que tenho aprendido desde que o sigo.
    Muito Obrigado.
    Abraços

    Leonel Ferreira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Leonel

      Muito obrigado e um abraço para si

      Eliminar
  20. Caro Luis
    Apenas apanhei o meu lugar este ano..tendo recuperado a matéria dos anos anteriores...aprendi e continuo a aprender de que um objecto,por mais simples que o seja tem na certa uma grande história por detrás e Luis tem sabido contar essa história com ilustrações coloridas que nos projectam para além do nosso pequeno mundo.
    O Luis tem o poder da observação, a teimosia da pesquisa e o conforto tranquilo de ter subido mais um degrau na imensa escadaria que o leva à contemplação.
    Continue vivo..
    um abraço
    Vitor Pires

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara Vítor

      Tenho sentido falta dos seus comentários aqui no blog.

      Com a tremenda crise em que vivemos, quando todos os dias gente qualificada perde o emprego e é humilhada, quando jovens com mestrados e doutoramentos vivem de expedientes, talvez a cultura seja um dos poucos caminhos pelos quais nos podemos dignificar, isto é, subir mais um degrau na tal escadaria que referiu.

      Um abraço

      Eliminar
  21. Caro Luís,
    parabéns. Desejamos-lhe que continue por muitos anos a dar-nos surpreendentes e valiosos postes.

    Um abraço
    Ângela e Joaquim

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ângela e Joaquim

      Muito obrigado e fico tão contente por saber que o que escrevo vos dá prazer.

      Um abraço aos dois

      Eliminar
  22. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  23. Caro Luís
    Um dia sem o visitar e dá nisto :) Ia perdendo a festa do quarto aniversário do Velharias:) Um grande abraço de parabéns por este seu espaço, que vale não só pela beleza das peças que apresenta, mas também pela seriedade da informação que aqui deixa aos seus visitantes. Nada disto resultaria, se por trás deste blogue, não estivesse um homem, com o elevado carácter que o Luís vai revelando ter. Muitos outros, no seu lugar, transformariam este espaço de cultura, num lugar intencionalmente elitista, que acabaria por afastar os seguidores menos conhecedores. Um bem haja.
    PS Gostei de o ver de lacinho! Um charme!
    Maria Paula

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria Paula

      Muito obrigado!!!

      Ainda que o tipo de peças que eu mostre não esteja muito na moda (hoje usa-se o minimalismo), procuro sempre apresenta-las de uma forma bonita, agradável à vista, para que as pessoas esqueçam a fealdade dos centros comerciais, o Diário da República, o Governo e os programas nojentos de televisão. A ideia é que as pessoas se possam distrair, usufruir a beleza dos objectos e a poesia da história, fechando à porta a um mundo que todos os dias nos agride.

      Procuro escrever textos fáceis de compreender, pois sempre tive o horror ao jargão técnico. Julgo que é perfeitamente possível transmitir ideias complexas numa linguagem simples e depois na Internet ninguém tem pachorra para ler textos de três e quatro páginas.

      Quanto à qualidade das imagens, de certa forma sou seu discípulo. Julgo que o seu blog me tornou mais sensível à fotografia me fez compreender, que uma boa imagem é meio caminho andado para se fazer um bom post.

      bjos

      Eliminar
  24. Hoje vou ser muito rápida Luis, continua a ser muito bom estar deste lado e contar com as suas palavras e a sua visão. O meu muito obrigado. Gosto da sua "companhia" e daqui a uns tempos vou dizer "gostamos da sua companhia" :-). Beijinhos e boa continuação.

    Marília Marques

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marília

      Muito obrigado e parabéns pelo Santiago. Escolheu um nome muito bonito para o seu filho, cheio de história e muito português.

      Bjos

      Eliminar
    2. Envio-lhe também os parabéns Marília.
      Que nome bonito escolheu!
      Seguramente que tudo correrá pelo melhor, é o que eu vos desejo.
      Um beijinho
      Manel

      Eliminar
    3. Obrigado aos dois e um beijinho grande!

      Marília Marques

      Eliminar
  25. Luis!! Parabéns, e pfvr, continuidade em excelência!

    Abraços do Trapos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Flávio

      Muito obrigado!!!

      Publicarei muito brevemente um post novo sobre uma peça da Vista Alegre, que o Fábio tanto gosta.

      Um abraço

      Eliminar
    2. Ena!! Estou super curioso!!
      Publique dia 8, assim fica quase em tom de homenagem, pois é o dia em que deixo Portugal :) aahha grande abraço Luis, filhos e manuel

      Eliminar
  26. Só podemos agradecer pelo seu especial gosto por tantas "Velharias" especiais e por partilhar este gosto com tanta gente... Não conheço muito da web mas penso que este mundo seria menos interessante sem este seu (e um pouco nosso, que tanto dele gostamos) maravilhoso Blog.

    Um abraço bem brasileiro.
    Amarildo

    PS . Quando tiver um tempinho de um alô para minhas pecinhas coitadinhas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Amarildo

      Muito obrigado e um grande abraço

      Eliminar
  27. Parabéns Luis! É sempre um prazer nostálgico visitar o blog. Memórias de Portugal que fazem eco além mar.
    Te saúdo com os versos de Pessoa:
    Ó mar salgado, quanto do teu sal
    São lágrimas de Portugal!
    Por te cruzarmos, quantas mães choraram,
    Quantos filhos em vão rezaram!
    Quantas noivas ficaram por casar
    Para que fosses nosso, ó mar!

    Valeu a pena? Tudo vale a pena
    Se a alma não é pequena.
    Quem quer passar além do Bojador
    Tem que passar além da dor.
    Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
    Mas nele é que espelhou o céu.

    Felicidades
    Edwin J. Pinto Fickel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Edwin

      O poema do Pessoa veio muito a propósito. De facto, como já referi aqui muitas vezes, um dos aspectos mais positivos deste blog, tem sido a adesão muito significativa dos brasileiros. Julgo que aos longo destes 4 anos fiquei a perceber que quando se fala de uma mesma cultura entre o Brasil e Portugal não é uma mera figura de retórica, para usar durante as visitas oficiais entre Chefes de Estado. Existe realmente um sentimento de irmandade entre os dois países, apesar de todas as diferenças.

      Um abraço

      Eliminar
  28. Caro Luís,

    Muitos parabéns!!!!..
    E obrigado por tudo o que me foi possivel aprender através do seu blog!...
    Felicidades

    Carlos González

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carlos González

      Um enorme abraço para si

      Eliminar